Loading...
Agricultores e Prefeitura se reúnem tendo como pauta o garantia safra

Atualmente o Garantia Safra de Canindé se encontra bloqueado, segundo o Prefeito Celso Crisostomo o município pagou quase 300 mil das suas parcelas e ainda foram preenchidos 90 laudos de verificação em propriedades que dão perca de safra maior que os números apresentados pelo o IBGE. De acordo com o gestor o que trava o processo é atual posição do Ministério que coloca uma média entre os últimos 10 anos, observando os números do município desde 2005 até 2016 a queda é de 42% da perca de safra.

A decisão da reunião foi o aguardo do envio do parecer técnico do IBGE para o Ministério do Desenvolvimento Agrário onde contara os dados da última reunião do dia 5 de julho da Comissão Municipal que avalia a perda de safra, que já constava a perda de 79% do feijão e 86% do milho.



Para o presidente do Sindicato dos trabalhadores (as) rurais, José Maria o não recebimento do garantia safra traz um constrangimento para o agricultor que já esperava o inicio do pagamento para setembro.

Zezito como também é conhecido, afirmou que em outra reunião com o IBGE e os movimentos sociais os números da perda de safra estavam acima de 60%. E lembrou que o único caminho para a solução do problema é o movimento.



Envie-nos seu comentário: